O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias. De segunda a sexta às 05h40, 14h30 e 21h10 com reposição ao fim-de-semana.
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Portugal e o vinho - 18/05/2018
O Mundo em Três Dimensões - Portugal e o vinho - 18/05/2018
O Mundo em Três Dimensões

51 litros por ano. Portugal é o maior consumidor de vinho "per capita"

18 mai, 2018 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


Não somos os maiores produtores de vinho, mas tendo em conta o volume de vendas - que inclui as garrafas compradas por turistas - Portugal é campeão mundial do consumo de vinho.

“Os vinhos são como os homens: com o tempo, os maus azedam e os bons apuram”.

A frase é atribuida a Marco Tulio Cícero, um dos maiores oradores da Roma Antiga.

E se Portugal é um país de tradição vinícola deve-o sobretudo aos romanos. Aliás, o centro do império foi o primeiro destino de exportação dos vinhos portugueses.

Atualmente, Portugal é o nono maior exportador de vinhos em todo o mundo. São 778 milhões de euros por três milhões de hectolitros.

Valores que não se comparam aos de Espanha, França ou Itália, mas para a dimensão do nosso setor vinícola já não é nada mau. Aliás a presença portuguesa no top 10 dos exportadores tem sido uma constante ao longo dos anos.

A produção aumenta e a qualidade é reconhecida.

Lá fora e também cá dentro. De acordo com os números mais recentes do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV), Portugal consumiu quatro milhões e meio de hectolitros de vinho. Não é muito, mas faz dos portugueses os maiores consumidores de vinho per capita. 51,4 litros que correspondem a mais de 70 garrafas de vinho por pessoa.

A imagem pode sugerir que estaremos a beber demais. Só que este número diz respeito à quantidade total de vinho vendido em Portugal.

E muito deste volume de negócio são garrafas que os turistas estrangeiros compram como recordação. Ou seja é vinho português, mas consumido lá fora. Uma outra forma de exportar este produto tão nosso.

No plano global, o mais recente relatório da Organização Internacional da Vinha e do Vinho diz que a produção vinícola é responsável por 7,6 milhões de hectares de superfície terrestre. 13% em Espanha, 12% na China, 10% em França e 9% em Itália.

250 milhões de hectolitros de vinho foram produzidos em 2017. Ainda assim menos do que no ano anterior.

Mas voltemos a Portugal, país onde por estes dias as temperaturas sobem ainda por cima às portas do fim de semana.

Se tem almoços ou jantares com familiares e amigos, é provável que vá um copinho ou outro. Mas não abuse.

De acordo com a GNR, regista-se uma média diaria de cinco acidentes de viação envolvendo condutores alcoolizados.

E o aumenta 140 vezes o risco de morte ao volante.

Por isso, a melhor opção é brindar à vida. Sempre com moderação.

E bom fim de semana!

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.