O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

VINAL - Os melhores vinhos em altitude do Dão em destaque


Os Melhores Vinhos em altitude do Dão e a Melhor Gastronomia Regional provam-se a 19 e 20 de maio na VINAL, em Gouveia, V. N. Tazem

Mais de 80 vinhos em prova livre harmonizados com a melhor gastronomia regional vão fazer da Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem, no concelho de Gouveia, o destino obrigatório de visita no fim-de-semana de 19 e 20 de maio.

A VINAL – Vinhas de Altitude vai contar com a presença de nomes incontornáveis do mundo do vinho como Manuel Moreira, um dos mais prestigiados sommeliers nacionais, e da gastronomia, como Cristina Manso Preto, das manhãs da Praça da Alegria, na RTP, e o chef Paulo Cardoso, do Hotel Parador Casa da Ínsua.

Fique a conhecer os segredos dos vários vinhos dos expositores presentes no evento, através de provas comentadas, e os truques para confecionar saborosos pratos em sessões de cozinha ao vivo, num programa de dois dias animado com muita música e DJs.

Na VINAL – Vinhas de Altitude, o Dão vai estar em destaque, com 15 conceituados produtores de vinho e cinco expositores de gastronomia da região. A experiência e o saber genuíno, contados na primeira pessoa, vão ser o ponto de partida para um ambiente descontraído e informal, onde os participantes poderão ficar a saber mais sobre os vinhos de altitude da região, a versatilidade e as caraterísticas únicas destes rótulos.

Com entrada livre, marque já na agenda os dias 19 e 20 de maio, na Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem.

Uma organização do Município de Gouveia, com produção da Essência do Vinho e apoio da Adega Cooperativa de Vila Nova de Tazem, Teka, Revista de Vinhos e Renascença.

Saiba mais na página de Facebook do evento e fique a par de todas as novidades da VINAL – Vinhas de Altitude.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.