A+ / A-

“Soldado Milhões”, a história do herói português da Primeira Guerra Mundial


No centenário da Batalha de La Lys, os realizadores Gonçalo Galvão Teles e Jorge Paixão da Costa inspiraram-se em factos reais para contar a história de Aníbal Augusto Milhais, o Soldado Milhões
Trailer de "Soldado Milhões"
Trailer de "Soldado Milhões"

A 9 de abril de 1918 teve lugar uma das batalhas mais sangrentas da Primeira Guerra Mundial, a Batalha de La Lys, na Flandres. Foi neste cenário que um soldado transmontano, Aníbal Augusto Milhais, se transformou no herói português da Primeira Guerra Mundial. Uma história incrível que chega agora aos cinemas com a Renascença.

Aníbal Milhais fazia parte de um contingente de mais de 75 mil homens que Portugal enviou para a Flandres e integrou a 2ª Divisão do Corpo Expedicionário Português que enfrentou os alemães em La Lys.

Desobedecendo a ordens superiores, Milhais ficou sozinho a enfrentar as tropas inimigas, permitindo a retirada dos seus companheiros para posições de retaguarda. Ao longo de quatro dias, o soldado correu entre vários abrigos, disparando de diferentes posições e criando a ilusão, nas tropas alemãs, de que a posição estava a ser guardada por vários militares.

Depois de várias ofensivas, os soldados alemães acabaram por contornar aquele ponto, ficando o português sozinho para trás das linhas inimigas, até se reencontrar com o seu batalhão graças à ajuda de um oficial escocês.

Soldado Milhões. A história de um irredutível português
Soldado Milhões. A história de um irredutível português

Quando finalmente chegou junto da sua divisão o comandante Ferreira do Amaral ter-lhe-á dirigido a saudação que ficaria famosa:

- “Tu és Milhais, mas vales Milhões!”

O feito de Aníbal Augusto Milhais ficou para a história e valeu-lhe várias homenagens; a aldeia onde nasceu mudou o nome para Valongo de Milhais e recebeu a Ordem Militar da Torre e Espada, do Valor, Lealdade e Mérito – a mais alta condecoração militar portuguesa.

No filme que agora estreia com a Renascença, João Arrais interpreta o Soldado Milhões, em jovem, e Miguel Borges é o Soldado Milhões, em adulto. “Soldado Milhões” conta ainda com a participação de Tiago Teotónio Pereira, Ivo Canelas, Isac Graça, Raimundo Cosme e as participações especiais de Lúcia Moniz e António Pedro Cerdeira.

Inspirado em factos reais, o filme foi realizado por Gonçalo Galvão Teles e Jorge Paixão da Costa. O argumento de “Soldado Milhões”, assinado por Mário Botequilha, foi feito a partir de relatos e de pesquisa documental.

Vá ao cinema e assista ao filme de guerra português com mais efeitos especiais e fique a conhecer a história fantástica do nosso herói na Primeira Guerra Mundial. Uma história surpreendente de bravura e altruísmo.

“Soldado Milhões” estreia a 12 de abril com a Renascença.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.