O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.

Oração da Manhã
A+ / A-

Terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Pe. António Rêgo


Oração da Manhã - 27/02/2018
Oração da Manhã - 27/02/2018

Pergunto-me às vezes
o que é melhor para orar:
um coração tranquilo e satisfeito
ou um estado de alma inquieto,
consciente de que nem tudo vai bem,
ou mesmo há algo com urgência de conversão?
Eh neste estado de alma que te falo
conhecedor da minha fraqueza
mas confiante na tua misericórdia.
Precisamos sempre, santos ou pecadores,
da tua misericórdia, expressão maior
da tua aproximação ao nosso coração imperfeito.
Nunca permitas que o orgulho comande as nossas vidas.
Seria a recusa do teu braço bondoso
para guiar os nossos passos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.