Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Quente no frio

09 fev, 2018 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Calendário oferece alguns jogos susceptíveis e gerar grande expectativa, vamos ter certamente estádios cheios, com milhares de espectadores à espera de futebol de qualidade que nem sempre tem sido a imagem de marca do no campeonato.

Vem aí uma jornada quente neste inverno difícil em que o mau tempo e as baixas temperaturas não suscitam grande entusiasmo para comparecer em jogos de futebol.

Mas, porque o calendário nos oferece alguns jogos susceptíveis e gerar grande expectativa, vamos ter certamente estádios cheios, com milhares de espectadores à espera de futebol de qualidade que nem sempre tem sido a imagem de marca do no campeonato.

Amanhã, para abrir as hostilidades, o Benfica desloca-se a Portimão para ali se encontrar com um conjunto que já deu provas de competência, bem orientado por um técnico sabedor e que, ultimamente, tem vindo a registar francas melhorias em relação a um passado não muito distante, em que os resultados nem sempre se conjugaram com as boas exibições.

Daí que nos pareça que o Benfica, mesmo estando a passar por um bom momento, o que ficou provado no desafio anterior com o Rio Ave, deva contar com uma montanha de problemas que os algarvios lhe vão certamente colocar.

Lá mais para norte, em Chaves, o Futebol Clube do Porto também não pode adormecer sentado à lareira. O Desportivo é uma das equipas que melhor futebol pratica em Portugal, o que lhe vale um excelente lugar que lhe permite espreitar a possibilidade de ainda poder chegar a uma competição europeia, apesar da escassez dos lugares que nos vão atribuídos na próxima saison.

Claro que os portistas partem como favoritos da cidade Invicta por razões que nem sequer valerá a pena dissecar. Mas, para regressar a casa todos os pontos em disputa, os comandados de Sérgio Conceição não poderão tirar o pé do acelerador.

Finalmente, o Sporting. Compete-lhe esperar em casa pelo Feirense, que iniciou bem o campeonato mas que tem alterado o rumo nas últimas jornadas. Os fogaceiros estão somente a dois pontos da linha de água, e a sua situação começa a tornar-se insustentável.

Os leões têm condições para saírem por cima. No entanto, não poderão facilitar numa altura em que se está a tornar necessário a inversão de um caminho que só tem trazido consigo maus resultados e fraca qualidade do seu jogo.

Artigos AnterioresRibeiro Cristovão
 

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ricardo MArtins
    09 fev, 2018 Lisboa 17:43
    É tudo péssimo no SCP , mas curiosamente no tempo dos croquetes amigos dele o clube acabava em 4º e 7º e ele gostava deles, eis um sportingado bem denunciado por BDC num post no facebook . Vá a Alvalade dia 17 para saber o que os verdadeiros SPORTINGUISTAS pensem de si e dos seus amigos croquetes que arruinaram o clube entre 1995-2013.