A+ / A-

Papa casou dois assistentes de bordo em pleno voo no Chile

18 jan, 2018 • Aura Miguel , Filipe d'Avillez


Carlos e Paula vivem juntos há sete anos e têm duas filhas. Francisco casou-os pela Igreja a bordo do avião que o transportava para Iquique.
O primeiro casamento "papal" a bordo de um avião
O primeiro casamento "papal" a bordo de um avião

É um acto inédito: o Papa Francisco realizou esta quinta-feira o primeiro casamento "papal" a bordo de um avião, em pleno voo.

Francisco estava a caminho de Iquique, no norte do Chile, quando Carlos e Paula se aproximaram dele para pedir a sua bênção. Explicaram que são casados há sete anos e têm duas filhas, mas depois pediram que ele abençoasse as suas alianças, uma vez que nunca tinham sido benzidas.

Curioso, o Papa perguntou porquê e foi-lhe explicado que no Chile a lei obriga que o casamento civil se realize num dia diferente do religioso. Carlos e Paula, de 41 e 39 anos respectivamente, tinham marcado o seu casamento religioso para o dia 27 de Fevereiro de 2010, mas um violento terramoto nesse mesmo dia obrigou-os a cancelar. Acabaram por nunca mais o fazer.

Então o Papa perguntou se gostariam de casar pela Igreja e, quando disseram que sim, perguntou se existia amor no seu casamento. Ao responderem que sim, o Papa disse que oficializaria o seu casamento ali mesmo.

O presidente da companhia aérea foi chamado para servir de padrinho e a cerimónia realizou-se em pleno voo.

Partindo das alianças, o Papa avisou que "se estiverem muito apertadas perturbam, mas se estiverem largas caem. É preciso equilíbrio, que se constrói todos os dias", disse.

Mais tarde o porta-voz do Vaticano, Gregg Burke, foi ter com os jornalistas para explicar que tinha sido redigida uma acta, assinada pelo Papa e pelos noivos, pelo que o casamento é canonicamente válido. Não soube, porém, explicar em que diocese ficaria registado, uma vez que se realizou em pleno voo.

Quando os noivos perguntaram ao Papa se poderiam falar publicamente do que tinha acontecido, ele respondeu que sim, pois "este é um sacramento de que o mundo precisa, o sacramento do matrimónio. Pode ser que isso entusiasme outras pessoas na vossa situação a casar pela Igreja".


Foto: Twitter Antonio Spadaro


A acta do casamento. Foto: Twitter

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Getúlio Pires
    22 jan, 2018 Miranda do Douro 07:54
    O Papa Francisco é ímpar na cadeira petrina. È um Papa actual que conhece o mundo selvagem também e que quer adaptar a Igreja ao Mundo de hoje, contrariando o tal quarto de Padres ( cardeais) extra-conservadores.
  • Ricardo
    20 jan, 2018 Moatize,tete Moçambique 19:48
    Wau que lindo,um casamento em pleno vôo, eles realmente se amam. Viva o Amor.
  • Filipe Amaro
    19 jan, 2018 Coimbra 02:04
    Este pápa é um "espetáculo"!
  • Ivani
    18 jan, 2018 Portugal 21:35
    Eu achei maravilhoso a atitude do Nosso Papa , ele é sensacional , cada vez minha admiração por ele aumenta . E como ele mesmo disse quem sabe essa atitude faz com que mais pessoas se casem e formem família está
  • Cristina
    18 jan, 2018 Aquiraz 21:16
    Que ato maravilho ! Fez o casamento sem nenhuma burocracia. Isso é que deve ser. Parabéns para os nubentes e também ao Papa Francisco.
  • 18 jan, 2018 20:19
    Um pouco esquisito... Qual a urgência do ato? Fazer diferente por ser diferente.?...
  • Afonso Nkuansambu
    18 jan, 2018 Luanda/Angola 19:53
    É um estupédio acto inédito.
  • Lusilete Freitas
    18 jan, 2018 Porto 19:19
    Grande exemplo para aqueles que só complicam.bem haja Santo Padre
  • M. Rodrigues
    18 jan, 2018 Lisboa 16:32
    Maravilhoso, este Papa é sem dúvida um mensageiro de Deus. Bem-haja!
  • Piedade Gregório
    18 jan, 2018 Vila Nova de Gaia 16:04
    Que festa no Ceu! Como o Santo Padre ama o sacramento do Matrimónio e a riqueza da família cristã! Obrigada, Santo Padre.