O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-
Conteúdo Patrocinado

Tem uma ideia de negócio que precisa de apoio? Esta pode ser a resposta


Chegou a sua vez de pôr em prática os seus projectos e beneficiar do financiamento europeu
Critical Materials: uma empresa portuguesa que nasceu com o apoio do Plano de Investimento para a Europa
Critical Materials: uma empresa portuguesa que nasceu com o apoio do Plano de Investimento para a Europa

Tem uma boa ideia? Uma empresa inovadora? Um negócio que sempre sonhou criar? Uma iniciativa que vai melhorar a sua comunidade?

Se precisa de apoio para pôr o seu projecto em prática, então, o financiamento europeu pode ser a resposta. Descubra, na Renascença, como a iniciativa #investEU pode ser mesmo aquilo de que está à procura.

Promover o crescimento, o desenvolvimento social e económico e criar emprego são objectivos da União Europeia que procura projectos que apostem na sustentabilidade, mobilidade, educação e saúde.

Na base de cada investimento da UE existem histórias de vida. Histórias reais de agricultores, empreendedores, artesãos, investigadores, comerciantes, estudantes e outras pessoas comuns. Histórias como a sua.

A União Europeia quer investir no seu futuro. Veja como
A União Europeia quer investir no seu futuro. Veja como

Estes investimentos criam oportunidades únicas, através da atribuição de subsídios personalizados disponíveis para todas as idades. Empréstimos que proporcionam novos investimentos em rede. Financiamento dirigido à modernização e ao desenvolvimento sustentado.

A essência da União Europeia passa pela criação de oportunidades que trazem benefícios concretos, que fomentam a criação de emprego e que marcam a diferença a nível local.

A Renascença conta-lhe histórias de sucesso. Empresas e projectos que só precisaram de um pequeno empurrão e que contaram com investimento europeu para se desenvolverem e crescerem.

Empresas como a Critical Materials, uma empresa tecnológica fundada em 2009, com sede em Guimarães, que desenvolve soluções informáticas capazes de analisar elementos estruturais de aeronaves ou turbinas eólicas e que tem atualmente clientes como a Agência Espacial Europeia ou a Força Aérea Paquistanesa.

O novo pólo universitário da Nova SBE em Carcavelos é mais um exemplo de um projecto que está a nascer graças ao incentivo do Plano Juncker. Este novo campus terá capacidade para 5000 alunos, distribuídos por 83.000 m2.

O Renato Duarte foi conhecer estas duas histórias de sucesso.

Novo campus da Universidade Nova SBE está a nascer em Carcavelos com apoio do Plano de Investimento para a Europa
Novo campus da Universidade Nova SBE está a nascer em Carcavelos com apoio do Plano de Investimento para a Europa

O plano de investimento da União Europeia prevê uma mobilização de 500 mil milhões de euros em Portugal e nos restantes países membros até 2020.

Os investimentos da UE criam oportunidades e fazem a diferença perto de si. Veja como aderir ao plano de investimento e saiba como candidatar-se em: https://ec.europa.eu/

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.