O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
A+ / A-

Reencontros, saudades e um programa ao vivo no aeroporto


​Em tempo de Natal, a Tarde da Renascença esteve ao vivo num dos sítios em Portugal onde se dão mais abraços por minuto

Quinta-feira, 21 de Dezembro, a Tarde da Renascença foi em directo do aeroporto de Lisboa.

Pelo nosso estúdio, em plena área das Chegadas, passaram vários convidados e muitas histórias. Percebemos melhor como funciona o aeroporto Humberto Delgado, conversámos com o comandante que conseguiu mudar o nome de um avião, conhecemos irmãs que já não se viam há dois anos, um pai e um filho que não se viam desde o Natal do ano passado e também um casal apaixonado que não se via há… uma semana.

E porque era quinta-feira, o Conselho de Directores foi ao vivo no aeroporto de Lisboa com Graça Franco, Henrique Monteiro e Pedro Santos Guerreiro.

Veja os melhores momentos desta emissão ao vivo:

Em pleno aeroporto não podiam faltar as histórias de quem teve de emigrar para trabalhar. Um bom exemplo disso é o de Carla Ferreira, formada em biologia molecular, um dos "cérebros" portugueses que teve de partir para Inglaterra e França para trabalhar na sua área.

Em dia de eleições na Catalunha, o repórter João Cunha encontrou uma catalã que estava de regresso a casa e que partilhou a sua opinião sobre as questões ligadas à independência da Catalunha.

A ANA Aeroportos de Portugal apoiou esta emissão no Aeroporto Humberto Delgado, que liga o nosso país ao mundo há mais de 75 anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.