O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Espaço do Consumidor
Um espaço para responder a todas as dúvidas dos consumidores (terças e quintas, depois das 11h15)
A+ / A-
Arquivo
Espaço do Consumidor - Compras online - 07/12/2017
Espaço do Consumidor - Compras online - 07/12/2017
Espaço do Consumidor

Vai comprar prendas pela Net? 12 dicas para não ser enganado

07 dez, 2017 • Fátima Casanova


A internet pode ser uma solução rápida e cómoda para as compras de Natal, mas há cuidados que deve ter para não ter presentes envenenados.

A contagem decrescente para o Natal já começou e o momento de comprar as prendas também. Anote estes 12 conselhos para comprar online com maior segurança.

1 - Analise o site antes de fazer as compras

O primeiro passo na jornada das compras online em segurança é, sem dúvida, analisar o site no qual pretende fazer compras.

Deverá dar prioridade a websites com o “https” no url, o que significa que os seus dados são encriptados e, como tal, as suas compras "online" são mais seguras.

Caso lhe seja apresentada uma mensagem a informar que a sua ligação não é segura, quando entrar num site, o melhor será optar por outra loja virtual. Esta mensagem demonstra que a página em questão não tem um certificado de segurança (SSL) reconhecido.

2 - Verifique o endereço físico do vendedor

O vendedor é obrigado a facultar a sua identidade, o nome da firma, o endereço, número de telefone e email. Desconfie de sites que só apresentem contactos de telemóvel.

3 - Procure informações sobre a entidade na internet

Para confirmar a veracidade da empresa pesquise-a através de motores de busca. Obtenha referências de amigos e familiares ou pesquise, por exemplo, em fóruns de discussão, confirmando que não existem reclamações.

4 - Não faculte dados que não sejam essenciais à compra

Desconfie se lhe forem pedidos dados que nada tenham a ver com a compra em questão.

5 - Evite as compras através de mensagens de email com promoções fantásticas

Tenha em atenção que os endereços ou anexos incluídos na mensagem podem levar a páginas falsas com o objectivo de obter dados pessoais e confidenciais (acções de “phishing”). Desconfie sempre que receber emails que solicitem a confirmação dos seus dados sem motivo aparente.

6 - Guarde o comprovativo da compra

É para o caso de necessitar de fazer uma troca ou devolução do artigo. Não se esqueça que tem direito a desistir da compra no prazo de 14 dias seguidos, a contar do dia em que recebeu a encomenda.

O comprovativo também é importante para accionar a garantia. O prazo de garantia é de 2 anos na compra de um produto novo de um fornecedor com sede na União Europeia.

7 - Guarde emails e/ou mensagens que tenha trocado com o vendedor no âmbito da compra ou onde tenham sido discutidas as condições.

8 - Confirme a existência de despesas adicionais como taxas ou custos de envio e prazos de entrega.

Se fizer uma compra numa loja "online" sediada fora do Espaço Económico Europeu e a encomenda ficar retida na alfândega, pode ter de pagar uma factura com vários itens: IVA, taxas e direitos aduaneiros.

Os direitos aduaneiros dependem do bem adquirido, por isso, consulte a listagem disponível no Portal das Finanças.

9 - Utilize "passwords" complexas

Não use datas de nascimento ou outras referências pessoais, já que essas são as primeiras que terceiros, com intenções maliciosas, tentam utilizar.

10 - Não use computadores públicos (como os que estão em cibercafés) para efectuar compras online

Estes equipamentos podem estar infectados com vírus ou estar a ser alvo de vigilância por terceiros.

11 - Opte por meios seguros de pagamento

Pode optar pelo pagamento à cobrança ou, por exemplo, os serviços 3D Secure, MB NET e MB Way onde os dados do seu cartão nunca são facultados aos fornecedores.

12- Tenha especial atenção aos produtos mais procurados

MP3, consolas de jogos, telemóveis são os produtos mais utilizados nas tentativas de fraude "online".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.