O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
Hora da Verdade
Uma parceria entre a Renascença e o jornal “Público”. Entrevistas aos protagonistas da actualidade. Quinta às 12h
A+ / A-
Arquivo
Hora da Verdade - Farinha Rodrigues - 07/12/2017
Hora da Verdade - Farinha Rodrigues - 07/12/2017

Entrevista a Farinha Rodrigues

07 dez, 2017


Em entrevista à Renascença e ao "Público", o investigador Farinha Rodrigues defende que “temos que ser mais selectivos nos apoios sociais, para chegar aos que precisam". O especialista em desigualdades considera que “uma estratégia de combate à pobreza deve começar pelas crianças” e recomenda cuidado com os aumentos do salário mínimo: “A proximidade ao salário médio é algo muito perigoso”. Para Farinha Rodrigues, a austeridade em Portugal ficará na história como um "exemplo de burrice".
Austeridade em Portugal ficará na história como um "exemplo de burrice"
Austeridade em Portugal ficará na história como um "exemplo de burrice"
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.