O Mundo em Três Dimensões
Números que contam histórias. De segunda a sexta às 05h40, 14h30 e 21h10 com reposição ao fim-de-semana.
A+ / A-
Arquivo
O Mundo em Três Dimensões - Países mais pacíficos - 30/11/2017
O Mundo em Três Dimensões - Países mais pacíficos - 30/11/2017
O Mundo em Três Dimensões

O país mais pacífico do mundo tem sete ovelhas por cada ser humano

30 nov, 2017 • André Rodrigues , Paulo Teixeira (sonorização)


Na Nova Zelândia, há 34 milhões de ovelhas para menos de cinco milhões de habitantes. É o país mais pacífico do mundo, seguido da Islândia que tem pouco mais de 320 mil habitantes. Portugal aparece em terceiro lugar no mais recente Global Peace Index.

Não somos os primeiros no ranking dos países mais pacíficos do mundo, mas podemos dizer que somos o país mais pacífico com maior número de habitantes.

Porque à nossa frente temos a Islândia e a Nova Zelândia. Que têm menos gente gente do que Portugal.

A Islandia tem pouco mais de 320 mil habitantes, que é 32 vezes menos do que os nossos 10 milhões e trezentos mil.

A Islândia é o segundo país mais pacífico do mundo.

E também o mais seguro: dados recentes indicam que na capital Reikjavique, ocorrem entre 1 e dois homicidios por ano.

Mas se acha que isto é tranquilo, então veja lá a Nova Zelândia: o país mais seguro do mundo tem menos de 5% de população humana.

Sabia, por exemplo, que há sete ovelhas para cada neozelandês?

Ora considerando cerca de 5 milhões de pessoas na Nova Zelândia - menos de metade da população residente em Portugal - isso significa que há 34 milhões de ovelhas.

Além disso, 30 por cento do país é coberto por floresta, pelo que praticamente não há poluição.

Dito isto, o que estes números parecem confirmar é que os países mais pacíficos são também aqueles onde vivem menos pessoas.

E isso não é boa publicidade para o ser humano.

As sociedades são mais pacíficas quanto menos humanos existirem.

Às tantas, até já tinha pensado nisso. Agora, estão aí os números a confirmá-lo.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.