Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Uma nódoa para perdurar

06 dez, 2017 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Ao saírem de novo derrotados estádio da Luz, os encarnados selaram assim a mais negregada participação de sempre de equipas portuguesas em competições europeias.

Ganhar na jornada final da fase de grupos da Liga dos Campeões era o mínimo que se esperava, mas nem frente ao Basileia o Benfica conseguiu salvar a honra do convento.

Ao saírem de novo derrotados estádio da Luz, os encarnados selaram assim a mais negregada participação de sempre de equipas portuguesas em competições europeias.
Foi humilhante o jogo bem como o resultado, a deixarem ambos pela frente um castelo de nuvens negras que, a partir de agora, só as provas nacionais poderão afastar. Veremos se o Benfica consegue.
O Sporting também perdeu, em Barcelona, mas não abandonou o Camp Nou sob o signo da humilhação. É verdade que Jorge Jesus poderá ter contribuído com a estratégia desenhada e o onze inicial que começou o jogo, mas o que se esperava aconteceu, ou seja, mesmo apresentando uma equipa longe daquela que lhe tem proporcionado grandes sucessos, houve Barça suficiente para ganhar. E ganhou mesmo.
Também dependente do que acontecia na Grécia no outro desafio do seu grupo, o Sporting acaba por deixar a Champions tendo imprimido um excelente cunho à sua participação, e vê-se agora remetido para a Liga Europa, na qual tem muitas condições para chegar longe.
Assim o seu treinador não abdique, centrando a sua atenção exclusiva no calendário nacional.
Hoje, o Futebol Clube do Porto encerra o quadro de participações na Champions por agora.
Porque os dragões dispõem de condições para chegar aos oitavos-de-final, bastando-lhe alcançar um resultado idêntico ao da outra partida a ter lugar na Alemanha, onde se desloca um Besiktas já apurado e, portanto, sem necessidade de encarar o jogo com o Leipzig como uma final.
A carreira dos dragões até à jornada de encerramento permite acalentar boas expectativas, as quais terão de ser confirmadas pela sua equipa logo à noite.
Ontem, Sérgio Conceição já deu nota de que o empenho vai ser total.


Artigos AnterioresRibeiro Cristovão
 

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadão
    08 dez, 2017 Planeta Terra 14:40
    Doi não doi?! HEXA, HEXA, HEXA!!!!!! Foram 6 vezes pra campo, vieram sempre de saco cheio LOL!!!!!! Seis vezes!-!-!-!-!-! HEXA, HEXA, HEXA!!!!!! Ai se doi. Que doi doi. Até se auto-proclamavam o maior clube do mundo. Que risada!!!!!! HEXA, HEXA, HEXA!!!!!! Foram 6 vezes pra campo, vieram sempre de saco cheio LOL!!!!!! Seis vezes!-!-!-!-!-! HEXA, HEXA, HEXA!!!!!!
  • manuel gomes
    06 dez, 2017 19:42
    O grande problema é que na Europa não há padres tipo Jorge Sousa, eles são de outra religião por isso não comungam e deixaram o Benfica em jejum e abstinência. VERG::::::::::::::::::::::ONHA, VERGONHOSO 0 PONTOS EM 6 jogos e um, um. um. único golo marcado e um camião de sofridos
  • Ricardo Martins
    06 dez, 2017 Lisboa 14:53
    O clube de Carnide levou 5 do Basel e ainda se lembra dos jogos do SCP contra o Bayern, como se em 1999 não tivessem levado 7 do "gigante " Celta De Vigo ou 5 -1 do colosso Olimpiacos em 2008 , ou feito um ponto na fase de grupos da Liga Europa em 2008 com o fabuloso quique Flores .
  • aguia pesqueira
    06 dez, 2017 alcains 13:46
    O tio Cristóvão, tem dois constrangimentos. O primeiro, é adepto, daquela coisa, enfim, aquela agremiação do Lumiar, a que ele e outros persistentes teimosos, ainda chamam clube. O segundo constrangimento, talvez resultante dos muitos anos que leva de vida, profissão e, crença na dita coisa do Lumiar, evidencia já ter fraca memória. Ainda assim, muito selectiva. Já não se recorda dos 12- 1 do Bayern, da vergonhasa derrota contra um tal Skenderbeu que ninguém conhecia e continua a não conhecer, para não falar dos últimos 15 anos de feitos "gloriosos" da sua grande PUtência do fuból. Quanto ao mais, tio Ribeiro... haja saúde!
  • De Cabeça
    06 dez, 2017 lisboa 13:16
    Ao escrever "a mais negregada participação de sempre de equipas portuguesas em competições europeias" o Sr Ribeiro Cristóvão foi pouco cauteloso. Ouviu apnas o seu figado, certamente. Ser eliminado com goleadas pelo Videoton ou Skenderbeu não é uma vergonha maior ? .. Uns dizem que sim, outros dizem que não. Tudo depende do ponto de vista que se quer afirmar ... mas de um jornalista independente espera-se uma posição mais equilibrada e bem fundamentada.