Nota de Abertura
A+ / A-

Jornada Mundial da Juventude em Lisboa

28 jan, 2019 • Opinião de Nota de Abertura


Um acontecimento desta dimensão implica muito trabalho, uma enorme capacidade de unir esforços, de partilhar e superar dificuldades.

A confirmação de uma boa notícia é sempre motivo de alegria. Foi o que aconteceu com o anúncio que as próximas Jornadas Mundiais da Juventude serão em Lisboa, em 2022.

Uma alegria que trespassa tantas realidades distintas: a alegria de confirmar que uma iniciativa do Papa São João Paulo perdura no tempo, atravessando todos os continentes; a alegria da Fé, que continua a marcar a vida de milhões de pessoas de todas as raças; a alegria dos Jovens, que Jornada após Jornada, enchem cidades de todo o mundo, num sinal de esperança para o futuro; a alegria de saber que Lisboa foi escolhida para receber o maior encontro de jovens que se realiza a nível mundial.

Um acontecimento desta dimensão implica muito trabalho, uma enorme capacidade de unir esforços, de partilhar e superar dificuldades.

Mas a beleza da nossa cidade, o dom do acolhimento que nos distingue, o engenho e a arte que marcam a nossa identidade, são realidades reconhecidas, que prenunciam momentos inesquecíveis.

E na dimensão da Igreja, que não conhece fronteiras geográficas, é Portugal inteiro a acolher a Jornada Mundial da Juventude. São os jovens, as famílias, as paróquias, os movimentos, de todas as dioceses, que se alegram com este futuro já tão próximo.

Não deixemos que esta boa notícia se perca na agitação das outras notícias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.