O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

​Bom começo

28 jul, 2017 • Opinião de Ribeiro Cristovão


A merecer alto destaque também para a participação da nossa selecção feminina no campeonato da Europa de Futebol

O futebol mostrou-se pela primeira vez em competições europeias da Uefa, que todos desejamos se prolonguem por muito tempo.

Sporting de Braga e Marítimo regressaram ontem a casa depois de terem obtido empates nos dois jogos que realizaram na Suécia e na Bulgária, abrindo assim excelentes perspectivas para os desafios da segunda mão, após os quais ficará decidido quem representará quem no play-off da Liga Europa, edição já a decorrer.

A merecer alto destaque também para a participação da nossa selecção feminina no campeonato da Europa de Futebol. Histórico, simplesmente.

É verdade que saiu vencida do desafio de ontem com a Inglaterra, esta grande candidata à vitória final na competição, mas a sua estreia numa prova tão relevante deixa indícios seguros de que o futebol feminino irá registar progressos seguros mais depressa do que até há pouco seria imaginável.

Em três jogos, duas derrotas frente à Espanha e Inglaterra, perfeitamente previsíveis, e uma preciosa vitória com a Escócia, a primeira conseguida pelo futebol feminino numa prova de tamanha dimensão.

No que respeita à Liga Europa, ficou demonstrada a justiça dos resultados alcançados por bracarenses e madeirenses, claramente acima no plano técnico em relação aos adversários que defrontaram.

Artigos AnterioresRibeiro Cristovão
 

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.